Simuladores Brasil
BEM VINDO A NOVA ERA DO FÓRUM SIMULADORES BRASIL
LEIA ATENTAMENTE A ESSA MENSAGEM ESPECIALMENTE AS PESSOAS QUE SÃO CADASTRADA E NÃO POSTA NADA .

mensagens para os usuário do fórum, Hoje entra no fórum as novas regras entre elas será a exclusão de usuário que não postam nada no fórum ou seja , todos os usuário que não participa do fórum será definitivamente excluído , e se quiser se recadastrar no fórum pode ser feito mas será feito somente com a autorização de um admin ou de um moderado para ativar a nova conta. Nosso fórum é simples e gratuito mas com a participação de toda a comunidade ele ficaria melhor e muito mais interessante, temos 3402 pessoas cadastradas mas menos de 20 pessoas participa do fórum e muito só vão la por interesses propio quando eu criei este fórum foi para ajuda mutua entre os usuários dos simuladores la citados , la não e um local para brigas e nem discussões apenas para melhorar nosso material de simulação a nível Brasil espero que todos vocês me entendam muito usuário ativos no fórum saíram por causa de brigas e desavenças mas isso não sera mais permitido aparti de hoje quero que o meu fórum faça seus dez anos de existência com pouco usuários que participam do que com 3402 que apenas uns falam alguma coisa bom isso ate o momento e tudo espero que todos compreenda nossa situação. ADMIM : DJBILL EDNALDO E DEMAIS ADMINISTRADORES

Simuladores Brasil

Simuladores Brasil, simulação ferroviaria, trens, simuladores,RAILWORKS ,TRAINZ,MSTS.
 
IníciohomeEventosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

  FI-FGTS deve liberar R$ 1 bi para Rumo ALL

Ir em baixo 
AutorMensagem
U20C
moderador
moderador
avatar

Masculino Número de Mensagens : 675
Idade : 51
Localização : Osasco * São Paulo
Emprego/lazer : Tudo ligado a ferrovia
Humor : :)
Data de inscrição : 01/04/2011

MensagemAssunto: FI-FGTS deve liberar R$ 1 bi para Rumo ALL   Qui 29 Out 2015, 12:20


29/10/2015 - Fonte: O Estado de São Paulo

A Rumo ALL, controlada pela Cosan Logística, recebeu ontem o primeiro sinal verde para conseguir aporte de R$ 1 bilhão do fundo de investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os membros do comitê de investimento do FI-FGTS deram o aval para que a Caixa Econômica Federal, responsável pela gestão do fundo, estruture a operação de financiamento, por meio da emissão de debêntures (dívida de longo prazo) que podem ser convertidas em ações.

O aporte do FI-FGTS deverá ajudar a Rumo ALL a resolver seu problema de curto prazo, segundo apurou o Estado. Além desse recurso da Caixa, que poderá ser liberado até o fim do ano, de acordo com fontes familiarizadas com o assunto, a companhia pretende levantar mais dinheiro no mercado. Essa nova captação também deverá ser feita por meio de emissão de debêntures. O valor a ser captado ainda não foi definido, mas é estimado em até R$ 1 bilhão.

Os recursos do FI-FGTS serão destinados para o plano de recuperação da malha ferroviária, além de renovação e aquisição de locomotivas e vagões.

Na primeira fase, os investimentos chegarão a R$ 2,8 bilhões. Em uma segunda etapa, ainda sem data de implementação, os investimentos estão estimados em R$ 8,6 bilhões para a construção e expansão de pátios, duplicação de trechos, aquisição de outras locomotivas e vagões, ampliação dos acessos aos terminais portuários de Santos (SP), Paranaguá (PR), São Francisco do Sul (SC) e Rio Grande (RS). A Rumo ALL negocia com o governo estender as concessões da ferrovia.

O plano de expansão da Rumo ALL também será, em parte, financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O banco de fomento tem uma linha de crédito já aprovada de R$ 1,7 bilhão para o projeto da empresa, mas esses desembolsos têm sido liberados aos poucos, à medida que o projeto de expansão é colocado em prática.

Compromisso. Com a aprovação da fusão entre Rumo, do grupo Cosan, e América Latina Logística (ALL), no primeiro semestre deste ano, os novos controladores se comprometeram a fazer pesados investimentos para expandir a capacidade da ferrovia. Mas, o atual cenário macroeconômico, com crédito mais restrito, não tem permitido ao grupo levantar os recursos na velocidade imaginada.

Alavancada, a Rumo ALL tem uma dívida líquida de R$ 7,1 bilhões, de acordo com os resultados da companhia divulgados no segundo trimestre. Com isso, a alavancagem medida pela dívida líquida e Ebtida (lucro antes de juros, impostos e amortizações) está em 4,97 vezes, patamar considerado desconfortável pelo mercado.

A Cosan detém 27,5% do capital da Rumo ALL. O grupo se tornou a maior operadora de ferrovias do País. A ferrovia conta com 12,9 mil quilômetros de malha sob o regime de concessão, 19 milhões de toneladas de capacidade de elevação no porto de Santos, 966 locomotivas, 28 mil vagões e 11,7 mil empregados diretos e indiretos. Procurada, a Rumo ALL não comentou.

U20C


_________________


”bom aprender, melhor ensinar” (JS)
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
FI-FGTS deve liberar R$ 1 bi para Rumo ALL
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» XIM4 - Adaptador para usar mouse e teclado no PS4/Xone
» TOP 5 - Jogos para Perder um Amigo
» DUVIDA - De quanto deve ser o estabilizador pra um Xone + TV 39" ???
» Sugestões de nomes para o novo espaço
» 7 Wonders para 2 jogadores

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Simuladores Brasil :: Notícias Ferroviarias :: Ultimas Notícias-
Ir para: